Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • #DPVATExplica: quanto tempo tenho para dar entrada no Seguro DPVAT?

    ​Um dos pontos mais importantes quando falamos sobre o Seguro DPVAT é o prazo prescricional para que as vítimas de acidentes de trânsito ou seus familiares possam acionar o benefício. E você, conhece os prazos e quando começa a ser contado? Se sua resposta foi não, continue ligadinho para acabar com todas as suas dúvidas! Se liga em mais uma edição do #DPVATExplica! ;)

    Prazo prescricional

    ​No mercado segurador existem muitas nomenclaturas e aqui na Seguradora Líder não é diferente! Por aqui, o prazo para dar entrada no Seguro DPVAT é o "prazo prescricional" e, desde janeiro de 2003, é de três anos. No entanto, ele varia de acordo com as coberturas do Seguro, que você vai ver aqui embaixo.

    Em caso de morte e reembolso de despesas médico-hospitalares (DAMS)

    ​Nas indenizações por morte, a contagem do prazo prescricional para pedir o Seguro é a partir do óbito da vítima. Já no caso de reembolso de despesas médico-hospitalares (DAMS), a contagem se inicia a partir da data do acidente. Não dá para esquecer esses prazos, não é? =)

    Em caso de invalidez permanente

    Opa, esse é um dos casos que a gente mais recebe questionamentos! Nas indenizações por invalidez permanente, a contagem do prazo prescricional se inicia a partir da data em que a vítima tomou conhecimento da sua invalidez permanente, comprovada através de um documento chamado Laudo Conclusivo do IML.Ih, ficou com dúvida? Para entender o que isso significa, vamos imaginar a seguinte situação: uma pessoa sofreu um acidente de trânsito no dia 1 de janeiro de 2016 e ficou três meses em fisioterapia quando, então, comprovou-se a sequela, no dia 1 de março. Nesse caso, o prazo começa a ser contado a partir de 1 de março e não 1 de janeiro. ;)

    Casos especiais

    Como toda boa regra, o prazo prescricional tem uma exceção, galera! A diferença na contagem da prescrição ocorre apenas para o menor considerado "absolutamente incapaz", ou seja, aquele de 0 a 15 anos. Neste caso, em específico, o prazo tem início a partir de quando completam 16 anos, findando após 3 anos. ;)

    E aí, gostou dessa edição do #DPVATExplica? A gente lembra que sua dúvida pode virar um post por aqui! Esperamos por você nos comentários. =)







Assine nossa Newsletter