Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Álcool e direção: uma mistura que não dá match

    No Dia dos Namorados, a gente está aqui para falar sobre uma combinação que não dá match: bebida e direção. De acordo com um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde, 21% dos acidentes registrados no Brasil estão diretamente relacionados ao consumo de álcool. Bem triste, não é? 😣 Pensando nisso, reunimos aqui alguns motivos para você passar bem longe dessa combinação. E aí, partiu conferir?

    O corpo fala: quais são as reações do álcool no nosso organismo?

    Para entender um pouco mais de como o álcool traz tantos prejuízos, é preciso falar sobre como o nosso organismo reage às bebidas alcoólicas. Nas primeiras doses, ele atua como um estimulante, gerando a sensação de excitação e alegria, afetando as inibições e a capacidade de julgamento, por exemplo. Com o aumento do consumo, as habilidades motoras e o tempo de reação são prejudicados. E, dessa forma, bem mais risco de se envolver em um acidente de trânsito. Vale ficar alerta sim ou com certeza? 😎

    Porcentagem da concentração de álcool no sangue

    Falar de números é com a gente mesmo! 😉 Vamos conferir o que cada percentual de álcool pode causar? Confere só!

    0,02% a 0,05% - diminuição das funções visuais, diminuição da capacidade de fazer duas coisas ao mesmo tempo.

    0,08% - diminuição da concentração, perda de memória de curto prazo, perda do controle da velocidade, redução da capacidade de processar informações (como ver placas ou sinalizações, por exemplo)

    0,10% - redução da capacidade de ficar na mesma pista da estrada e parar corretamente.

    0,15%- incapacidade de controlar o veículo, prestar atenção às funções de direção e processar informação visual e auditiva.

    10 anos de Lei Seca

    Quando falamos de penalidade para a mistura bebida e direção, a Lei Seca vem logo à nossa memória, não é mesmo? E adivinha só: em 2018, ela completa 10 anos de resultados super positivos! Segundo pesquisa realizada pela Escola Nacional de Seguros, desde sua implantação, a Lei Seca já poupou 40 mil vidas no trânsito e 235 mil de invalidez permanente. É muito amor envolvido! ❤😍

    Punições cada vez mais rigorosas

    Além da Lei Seca, em abril entrou em vigor a Lei nº 13.546/17, que aumentou o rigor na punição aos motoristas que conduzirem veículos sob efeito de álcool ou outras substâncias psicoativas e causarem acidentes. Agora, nos casos de lesões corporais graves ou gravíssimas, aquelas que podem gerar invalidez permanente, a pena passa de 6 meses a 2 anos para de 2 a 5 anos de prisão em regime fechado e, nos casos de homicídio culposo, aquele onde não há intensão de matar, passa para de 5 a 8 anos de prisão, também em regime fechado. Além disso, não haverá a possibilidade de pagamento de fiança, ocorrendo a suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão para dirigir, galera! Uma grande conquista, não é mesmo? 😉

    Então, se for beber, seja no Dia dos Namorados ou em qualquer outra data comemorativa, que tal apostar nos aplicativos de transporte urbano? Assim, você garante várias outras celebrações! ❤







Assine nossa Newsletter